12 comentários sobre “Em dez anos acontece tanta coisa…

  1. E eu então, que lembro de coisas acontecidas há DUAS DÉCADAS? Eu entrei na 1ª série em 1989, e no mesmo ano caiu o Muro de Berlim (lembro de quanto se falava na TV e eu não entendia porque era tão importante), e também teve eleição presidencial depois de 29 anos (e eu também não entendia o motivo de ter levado tanto tempo).

    P. S.: Que ano tu entrou na História? Foi na UFRGS?

    Curtir

  2. Bah, Rodrigo, eu queria poder lembrar dessas coisas. Mas em 1989 eu tinha 3 anos só. Ainda assim, tenho alguns flashes. Olha o absurdo da coisa. Sei que fui num comício do PT com meus pais. Ele ficou marcado porque perdi meu bico e acabei ficando triste. Mas pelo menos posso dizer que estava presente em um momento histórico. Ah, e lembro do “Lula Lá/Brilha uma estrela/Lula Lá/Cresce a esperança…”. Música que virou jingle pra muitas campanhas.

    Entrei na História da UFRGS em 2004/1, mas saí ainda em 2004/1. Daí fiz um semestre de cursinho, e Jornalismo da UFRGS em 2005/1.

    Curtir

  3. natusch disse:

    Eu tinha oito para nove anos quando o muro caiu. Lembro muito bem das eleições de 1989, com direito a figuras tão díspares quanto Marronzinho e Ulysses Guimarães. Cantava muito o “Lula-lá!” naquela época, e lembro de como foi criticada a famigerada edição do debate Collor vs Lula… Lembro até dos romenos derrubando o governo de Nicolae Ceausescu – fecho os olhos e a capa daVeja vem à minha mente! Aliás, lembro do tempo que a Veja era uma revista razoável e…

    Putz. Eu tô MUITO velho! =

    Curtir

    1. Eu não lembro dos romenos derrubando o Ceausescu, porque era Natal e eu tinha ganho um Pense Bem (assim como todos os meus amigos). Aquele maldito presente impediu que eu acompanhasse ao vivo (pela TV) à História acontecendo!

      Que mentira, eu adorei ganhar aquilo… :p

      Curtir

  4. Paula disse:

    Ahh, já eu tô bem com as memórias da Cris. Lembro da diretora do colégio vindo avisar a gente na sala – era um colégio pequeno – que um avião tinha batido no WTC e que a coisa parecia ser muito, muito grave. Lembro inclusive de não dar muita bola.
    Lembro de ter anotado revoltada o começo da guerra do Iraque na minha agenda também, imaginando que fosse anotar logo o fim dela, de tão absurda que a coisa parecia.
    Buenas, rumo aos próximos dez.
    E rúcula? Podia ter feito uma menção honrosa pra alface americana, ela merece mais. =p

    Curtir

  5. Bah, é verdade, teve a alface americana. É que eu nunca fui contra ela, ela entrou na minha vida de uma forma mais natural. Mas rúcula eu achava o fim do mundo. E lembro direitinho do dia em que eu fui num restaurante com meu pai e pedi uma salada, daí depois vi que tinha rúcula. E gostei! Na hora pensei q ia poder sempre contar que tinha começado a gostar da tal planta aos 21 anos.

    E o Pense Bem… Ele merece muito uma menção honrosa. Que brinquedo bem bacana, aproveitei demais (hoje em dia ele é completamente ingênuo diante dos computadores de brinquedo que vendem por aí). Só que há dez anos eu já não brincava mais de Pense Bem… hehehe Por isso não entrou no post. Mas ainda sinto uma dorzinha no coração por ter dado ele.

    Curtir

    1. Depois de lembrar do Pense Bem, eu procurei e não achei nos meus armários. Não me lembro de ter me desfeito dele, não sei por onde anda… 😦

      O que eu tenho ainda (achei quando procurei o Pense Bem) é o MEU PRIMEIRO GRADIENTE (ouvi música nele até menos de 10 anos atrás). Tá guardado há um bom tempo, mas se colocar pilha nele, certamente funciona, nunca estragou!

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s