Uma outra cidade é possível – Final

Os interesses da cidadania, que se opõem aos das construtoras, da especulação imobiliária, “envolvem moradia, paisagem, meio ambiente equilibrado, e não podem ser sobrepujados pelo livre mercado, pelo lucro”. Betânia Alfonsin está certa, a cidade tem que ser o ponto de origem da construção democrática da sociedade. A urbanização tem que estar articulada a outros fatores, mas hoje em dia ela se mostra como um aspecto preponderante, fundamental.

E urgente, porque a expansão desse modelo antidemocrático de grandes construções é irreversível. Depois que cresce um condomínio, ele vai existir provavelmente para sempre. Depois de destruído um patrimônio ambiental, ele é muitas vezes irrecuperável. O mesmo acontece com o patrimônio histórico.

A paisagem da cidade tem que ser planejada, não pode ser implementada caso a caso. Justamente por causa dessa irreversibilidade.

Que fique claro, ninguém é contra o progresso. Sou contra o progresso a qualquer custo, e acredito que pode haver desenvolvimento com qualidade de vida. Se o lucro das empresas não é total, ele ainda pode ser bom, pode ser mantido, mas de forma que respeite o cidadão que não tem empresa, que não tem lucro. Mas que vive na cidade e que tem tanto direito quanto o dono da multinacional, desde que, no século XVIII, a Revolução Francesa definiu como princípios a igualdade, a liberdade e a fraternidade. Ainda que o movimento tenha sido burguês, pode-se aproveitar esses ideais, que são positivos, e utilizá-los como referência na construção do nosso espaço urbano. Por um futuro melhor. E melhor para todos.

Parte 1 aqui e parte 2 aqui.

Uma outra cidade é possível – Final

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s