Da série "se me contassem eu não acreditava"

Porto Alegre nunca teve uma vocação turística muito forte. Nunca teve incentivo, é verdade. Mas agora tem.

Que tal uma caminhada pelos… ahn… cemitérios da cidade? Divertido, não? Ô, pacas!

A Prefeitura está promovendo eventos para atrair cidadãos interessados em conhecer a capital do chimarrão, do pôr-do-sol, dos jacarandás, do Museu Iberê Camargo, do Margs, dos… mortos.

Pode-se reclamar de qualquer coisa da atual administração, menos de falta de criatividade. E é bom que a gente se sente estimulado em ver que finalmente um monte de estrangeiros vão visitar a nossa cidade. Com projetos desse tipo é bem capaz mesmo.

E é por conta disso que estou começando essa série, cujo único post previsto é esse, então talvez seja uma série de um elemento só. Mas não é por falta de material, que bizarrice tem às pencas por aí. Pelo menos nos próximos dois anos, se o Fortunati continuar no mesmo ritmo…

Da série "se me contassem eu não acreditava"

Um comentário sobre “Da série "se me contassem eu não acreditava"

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s