O terreno visto do alto

Reparem no tamanho do Beira-Rio, que fica pequeno. As imagens comprovam que o argumento de que as vilas já destruíram com o meio ambiente é falso. Vale lembrar que o relatório da Fundação ZooBotânica atesta que mais da metade do terreno ainda está preservado, com vegetação nativa, original de Porto Alegre.

Fotos de Eduardo Seidl/SEMAPI.

O terreno visto do alto

Um comentário sobre “O terreno visto do alto

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s