Alternativas para o terreno da Fase

Da coluna Polis, assinada por Vera Spolidoro no Sul 21:

A bancada oposicionista na Assembleia votou nesta terça-feira (26) alinhada com os apoiadores da governadora Yeda: autorizaram o governo a contratar operação de crédito do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social). O valor pode chegar a R$ 141 milhões, para investimentos no Estado.

Fonte de recursos

Mas os oposicionistas não estavam só pensando em beneficiar o Rio Grande do Sul. “É uma fonte de recursos para construir as unidades da Fase (Fundação de Atendimento Sócio-Educativa) sem vender o Morro Santa Teresa”, disse o deputado petista Raul Pont. A proposta de vender ou permutar a área, que tem causado polêmica, é um projeto do Executivo que tramita em regime de urgência.

Foto de Eduardo Seidl.

Alternativas para o terreno da Fase

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s