A diferença de uma TV pública

Quer saber a diferença entre uma TV pública e uma comercial? Terça-feira, dia 1º de junho, a Empresa Brasil de Comunicação (EBC) vai realizar a primeira audiência pública para discutir sua programação. Como o nome diz, é aberta a quem quiser participar para apresentar críticas e sugestões sobre a TV Brasil e as emissoras de rádio da EBC.

“A idéia é indicar à diretoria-executiva as mudanças necessárias para que a programação das emissoras cumpra de forma adequada a missão de democratizar o acesso à informação e estimular a produção plural de conteúdos audiovisuais e jornalísticos capazes de expressar as singularidades que compõe um país tão vasto e diversificado como o Brasil”, diz a EBC.

Pela visão capitalista de mercado, é natural que uma empresa gerida por entes privados, como as que detêm o quase monópolio dos meios de comunicação no Brasil, ajam como melhor lhes aprouver. E é difícil de explicar para quem vê o mundo com esses olhos que uma democracia de verdade não funciona assim. Que a informação deve ser para todos, que vozes múltiplas têm que ter acesso a ela, que ela tem que representar a totalidade da população.

E que isso tem que ser feito mesmo que os donos da empresa sejam representantes apenas da elite paulista ou carioca. Entra aí a velha história da função social do jornalismo, de incentivar que todos possam participar das decisões na sociedade a partir do acesso à informação, do conhecimento do que está de fato acontecendo. Com espaço para formar um juízo próprio, não precisar digerir no seco aquilo que é preparado pelos jornais (que podem ser – e geralmente o são – os de TV ou rádio).

A EBC ainda é muito menor do que deveria. Mas sua programação é de qualidade e busca dar acesso a todas as regiões brasileiras, o que já é um bom começo. Pena que a TV Brasil não pegue em TV aberta no Rio Grande do Sul. E que a audiência pública, por ser presencial, se restrinja aos cariocas. Ainda assim, que puder, vale a pena aparecer. Vai ser no auditório da Rádio Nacional, na Praça Mauá, das 13h30min às 18h30min.

Com informações do Portal Imprensa.

A diferença de uma TV pública

Um comentário sobre “A diferença de uma TV pública

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s