Vigília contra a venda do Morro Santa Teresa

Pedindo que o Morro Santa Teresa não seja vendido, há uma vigília na frente da Assembleia Legislativa, em Porto Alegre. Daqui a pouco, outros movimentos, incluindo os moradores da área, que agora estão se reunindo na Usina do Gasômetro, se unem à manifestação.

Do Semapi:

MP e Câmara saem em defesa do Morro Santa Teresa

Os críticos à atual redação do projeto que tramita na Assembleia Legislativa – PL 388 – e prevê a venda de 74 hectares do Morro Santa Teresa ganharam dois fortes aliados: a Câmara de Vereadores de Porto Alegre e o Ministério Público do Rio Grande do Sul. Eles pedem a retirada do regime de urgência do PL 388.

O projeto não garante proteção aos 23 hectares de preservação ambiental, não prevê a regularização da moradia às cerca de 20 mil pessoas que moram no local e não aponta aspectos técnicos para a realização das melhorias para a Fundação de Atendimento Sócioeducativo (Fase), motivo do PL 388. O local também possui prédios históricos, construídos perto do ano de 1900.

Vigília contra a venda do Morro Santa Teresa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s