O “fato novo” que o PSDB busca

Mauricio Dias fala, na coluna Rosa dos Ventos da Carta Capital dessa semana, edição 611, no tal fato novo que a campanha de Serra vem buscando para que Dilma não ganhe as eleições já no primeiro turno. E garante: não há fato novo a derrubar Dilma esse ano. Compara, a título de exemplo e citando o DEM Cesar Maia, ao fato novo que ajudou Obama a se tornar presidente, não produzido por ele, mas providencial: a quebra do Lehman Brothers pouco antes das eleições de 2008.

É o próprio Cesar Maia que vê como improvável a existência de um fato desse tipo. Estranho é a coluna não lembrar o que me veio imediatamente à mente e que depois li num cantinho da coluna da Rosane de Oliveira na Zero Hora de domingo (embora tratado com outro viés). Em 2006, um dos motivos de Lula não ter sido reeleito no primeiro turno foi um escândalo chamado de “dos aloprados”, divulgado às vésperas das eleições, inclusive com mais destaque do que o acidente com o avião da Gol, que matou centenas de pessoas.

Folha de S.Paulo e Jornal Nacional contribuíram bastante para trazer à tona o fato nem tão novo e nem tão fato que sacaneou Lula. Rosane diz que o PSDB torce para outro fato do gênero. Esqueceu de mencionar que o fato não era fato, era factóide, e foi criado de forma providencial. Se nos bastidores da campanha de Serra estiverem planejando outro desses, não há de ser nada: esse ano nenhum fato ou factóide derruba Dilma.

O “fato novo” que o PSDB busca

4 comentários sobre “O “fato novo” que o PSDB busca

  1. luizmullerpt disse:

    Factoide urdido no seio do PIG e que a RBS, como sócia da inverdade também deu capa e muitas imagens na TV e palavras maldosas na rádios. A RBS, ssim como o PIG, não mudou. Depois de esconder e continuar escondendo o caso do estupro de Floripa e o tráfico de influência evidente de seu sócio familiar da ilha, e de tantas outras meias verdades e mentiras inteiras, é surpreendente que ainda granjeie respaldo no RS para continuar vendendo seus produtos e imagens como se verdadeiros fossem. Ana Amélia, Ex Jornalista, vira agora factóide eleitoral, imagem que não tem correspondência no contaúdo. O Faactóide ANan Amélia foi lançado para tentar desestabilizar a candidatura do Senador dos Gaúchos, Paulo Paim.

    Curtir

    1. Ismael disse:

      “A RBS, ssim como o PIG, não mudou.”

      Só para corrigir: A expressão “RBS Assim como o PIG” não expressa bem uma verdade.

      Sempre pensei na RBS como parte integrante do PIG, nossa sucursal particular. Para mim o PIG é uma grande rede, unida pelo tal do PUM, o Pensamento único da Mídia, assim como também definiu o PHA.

      Quanto ao Paim, tirando a questão das cotas, que sou totalmente contra, admiro muito e lamento. Está se desenhando que o RS será o único estado defasado em representatividade no senado, visto que dois terços serão representantes do PUM e PIG.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s