O poder do homem

O Lula disse “votem no Paim”. Já tinha dito a mesma frase para Dilma, Tarso e tantos outros candidatos do PT. Já deve ter se tornado uma coisa natural, parte do cotidiano, mas às vezes, deitadinho, com a cabeça no travesseiro, ele deve parar pra pensar no poder que tem. É só ele dizer “vota nesse cara” que não importa quem seja o cara, a pessoa vota. Porque o Lula pediu.

Esse é o resultado de mais de 90% de aprovação. De um governo com a cara do povo, de um governante com quem as pessoas se identificam. E, principalmente, em quem confiam. É a confiança que lhe dá essa influência sobre a opinião da população. Poder.

Ele deve de vez em quando parar para pensar “tchê, eu sou foda”. Ok, sem o “tchê”, mas ele é o cara. Pra maioria do povo brasileiro, ele é.

O poder do homem

Um comentário sobre “O poder do homem

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s