Dilma oscila e Marina lucra, mas o Datafolha sacaneia

Não credito a diferença no percentual apurado pela última pesquisa Datafolha a uma manipulação na margem de erro, como tem sido dito no Twitter. A ideia que origina essa tese é a de que as pesquisas não teriam mudado, mas o Datafolha teria adaptado os resultados dentro da margem de erro. Não creio.

Credito essa diferença na pesquisa a uma manipulação na informação, isso sim. O que fez os números oscilarem esse tantinho foi a forcinha que a imprensa vem dando à oposição. Não acredito em uma subida de Serra. Já esperava, porém, que Dilma baixasse um pouco seu percentual (importante observar que Dilma não “caiu”, ela oscilou dentro da margem de erro – aprendi com José Roberto de Toledo, jornalista do Estadão). Natural, diante dos factoides produzidos. Não há como dizer a todos que aquilo é uma criação se o Jornal Nacional, que ainda mantém uma aura de credibilidade, repercute.

Mas há que se considerar que a pesquisa não parece lá tão honesta. Bem o apontou o blogueiro Eduardo Guimarães, a partir, diga-se, de um estranhamento postado pelo jornalista do grupo Folha Lauro Jardim em seu blog. As perguntas feitas aos entrevistados são, de fato suspeitas. Diz-se que foram feitas depois de questionar quem o cidadão votaria para presidente da República caso as eleições se dessem naquele dia, mas Guimarães coloca em dúvida essa ordem e pede investigação. Não vou tão longe, mas acho uma baita sacanagem a forma com que o tema da ministra Erenice foi abordado na pesquisa, como mostra a imagem, que Guimarães tirou do blog do Lauro Jardim.

Quem deve lucrar com essa função toda é a Marina. Sinceramente, não consigo entender como alguém pode pensar em votar no Serra. Não por uma questão ideológica, porque entendo que existam pessoas direita. Mas porque sua campanha é ruim, muito ruim. Porque não consigo acreditar em alguém que diz que vai asfaltar a rodovia Transamazônica, elevar o salário mínimo a 600 reais, aumentar a aposentadoria em 10%, tudo isso enquanto baixa os impostos. O povo sabe diferenciar promessa de mentira. Por isso e pelo fato de Marina ter sido ministra do governo Lula, por ser uma candidata simpática e não agressiva, que os votos perdidos por Dilma devem migrar para a acreana.

Dilma oscila e Marina lucra, mas o Datafolha sacaneia

9 comentários sobre “Dilma oscila e Marina lucra, mas o Datafolha sacaneia

  1. Mariana disse:

    Eu também não consigo entender como alguém vota no Serra. Me surpreendi quando vi um recado de um amigo no Orkut dizendo assim: Tenham bom senso, votem Serra 45. Aí eu te pergunto, onde ele mostrou esse “bom senso” na campanha???

    Curtir

  2. Oi eduardo parabens pelo seu belo trabalho de nos deixa bem informado sobre essa palhaçada qui essse canais de informaçoes como a globo e e revista veja etc” estão fazendo contra dilam ,olha eu não vou votar na marina pelo simples fato de qui ela esta seguido a mesma cartilha do serra de fazer pre jugamento sobre dilma e o presidente lula ter estado por dentro dessa suposta proprina feita na casa civil .Mais eu queria ter fazer algumas pergutas 1-e verddade qui dilma falo qui nem jess tira a presidencia dela e verdade isso e qui vir alguem comentar um eleitor de marina no portal do terra .1 Essa historia de dizer qui dilma disse qui se eleita ela ira tira as ingrejas do brasil e verdade isso.

    Curtir

  3. Jacy Júnior disse:

    É impressionante como a manipulação da informação faz a Dilma estar 20 pontos na frente do Tucano. Como isso? Onde são feitas essas pesquisas? No Rio de Janeiro, onde eu moro, para todas as pessoas que pergunto em quem irá votar (presidente (a)), respondem Marina. Como explica essa larga vantagem? Com quantas pessoas é feita essa pesquisa? Apesar dessa vantagem, não consigo ver motivos para votar na Dilma. Uma pessoa agressiva nos “embates presidenciais”, super agressiva com os candidatos, Plínio e Serra, está indo de encontro com à Igreja, se enrola ao falar sobre ABORTO. Mostra ser contra, mas se enrola ao falar. Então, quero reiterar o seu pedido, Cris.
    PARA TODOS OS VOTOS PERDIDOS POR DILMA DEVEM MIGRAR PARA MARINA.
    Ela está mexendo com uma camada forte da sociedade, que é a Igreja. Dizendo que vai acabar com os cultos ao ar livre, que vai permitir o casamento de homossexuais, tornar uma coisa “normal” o aborto. Onde ela pensa que vai chegar? Sem contar a última “besteira” que ela (Dilma) pronunciou: “Nem Deus tira a presidência de mim”. Depois dessa ela ainda pensa que vai ser Presidenta?
    Cito exemplos de algumas pessoas um dia cometeram o mesmo erro que a Dilma: O criador do TITANIC “Nem Deus afunda”, Mamonas Assassinas, Cazuza (num show fumando um baseado: “Essa é pra você, Deus!”, A história dos jovens: A mãe de um deles: Vai com Deus! Um deles respondeu: Só se for na mala, que aqui tá cheio. (rs) E horas depois sofreram um grave acidente. Uma pancada que o carro ficou irreconhecível. E qual parte do carro ficou intacta? A mala. Sem proselitismo. Só mostrando que: Com Deus não se brinca!

    Curtir

    1. Jacy, obrigada pelo comentário. Apenas gostaria de considerar que não pedi para que as pessoas migrem os votos para Marina. Considero sua candidatura conservadora e aquém das necessidades do Brasil. Acho, apenas, que ela é melhor que o Serra, mas meu voto é Dilma. Respeito muito o Plinio, que considero extremamente qualificado e com o qual concordo em quase tudo. A Marina vem em terceiro lugar na minha avaliação. O que observo é que seria interessante que o pleito terminasse com a Marina à frente de Serra, uma derrota estrondosa para a direita mais conservadora.
      Mas justamente um caráter que levantaste na defesa de Marina é uma das coisas que mais me incomoda nela, sua ligação com a Igreja, ainda mais a evangélica. Tanto ela quanto a católica demonstram uma posição extremamente retrógrada que eu espero que nunca chegue a usufruir de poder político na nossa sociedade.
      Defendo o aborto e espero que Dilma constribua na discussão para legalizá-lo. Não vi Dilma falar dos cultos ao ar livre, mas fico feliz de saber que ela pretende extingui-los. E, sobretudo, pela igualdade de direitos, contra o preconceito, já passou muito da hora de se ver como algo normal o casamento entre homossexuais. Renegá-lo é preconceito e não admito esse tipo de posicionamento.
      Um abraço

      Curtir

      1. Jacy Júnior disse:

        Não sabia que o seu voto era Dilma, achei que seria da Marina. Na questão do Plínio, concordo que ele tem capacidade suficiente para comandar, mas tentar implantar o socialismo num capitalismo exacerbado é mera utopia. Creio que esta disputa para presidente (a) irá para o segundo turno. Quais candidatos? Não sei, mas parece que caminha para esse fim. Não consigo acreditar no Serra e acho também que, Marina em segundo lugar, seria uma derrota bombástica para a direita mais conservadora.

        Foi como comentei no meu blog, votar hoje em dia está muito difícil. São muitas coisas inventadas, jogadas estratégicas, as campanhas não mostram o que realmente o candidato pretende fazer e tentam crescer em cima do erro dos outros candidatos. Confesso que ainda tenho dúvida em quem vou votar.

        Na questão da união entre pessoas do mesmo sexo e o aborto.

        Mesmo sendo evangélico, sou meio às avessas, também acho que a felicidade é independente do sexo, mas já que existe a Igreja Episcopal Anglicana do Brasil, que é permitido à benção e a união do mesmo sexo, para que eles querem celebrar nas igrejas evangélicas, sabendo a doutrina da Igreja? E usar do pressuposto escrito em Atos 10 vers. 34 (Então Pedro, tomando a palavra, disse: Na verdade reconheço que Deus não faz acepção de pessoas), não é fundamento para tal. Ai fica a minha pergunta, se o movimento GLBT não crê que a Bíblia é sagrada e que é uma coisa antiga, porque usa a Bíblia como embasamento? Na questão do aborto, já não concordo, mas isso é opinião minha, pois acho que desde nascituro, abortá-lo é um crime. Acho que se não deseja ter filho, preserve-se. Existem milhares de meios de prevenção.

        Respondi, sempre respeitando o seu posicionamento.
        Um Abraço.

        Curtir

  4. marquespassos disse:

    Ao ver o seu blog, suscitou uma vontade de também poder escrever. Fico feliz ao ler as matérias, de esquerda, pois, muitas vezes são coisas que penso. Só queria deixar registrado o meu blog. Parabéns e Sucesso!

    Curtir

  5. Jacy, só mais uma observação. A questão da união entre homossexuais não se trata da igreja x ou y. Cada igreja que aja como quiser, ninguém é obrigado a seguir nenhuma. A questão é a aceitação legal, a possibilidade de casamento civil. E, nesse caso, todos estão sendo governados, todos estão no mesmo Estado e não têm opção. O governo, então, tem que ser o mais justo possível, promover a igualdade. Sem intromissão de igreja nenhuma, aliás.

    Curtir

    1. Jacy Júnior disse:

      Cris,

      Entendi o que você quis dizer. Também acho que, pessoas do mesmo sexo, possam se casar no civil, pelo simples fato da isonomia. Apesar de ferir as normas morais, dos preconceituosos, nada pode ser feito, mas no caso da Igreja estar se intrometendo, é porque alguma norma religiosa foi ferida (mas não vem ao caso).

      Concordo se fosse até esse ponto (casamento no civil de pessoas do mesmo sexo), mas pelo o que vejo, não vai ser. A população GLBT precisa ser amparada, levando em consideração a quantidade de crimes cometidos contra esses, mas esta PLC que está correndo no Congresso, desde 2006, é uma Lei de Exclusividade, uma “Ditadura”.

      Um Abraço

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s