Estaria Ana Amélia de olho no governo do estado?

Ficaram pendentes algumas observações sobre o resultado das eleições:

– O maior medo pós-eleição é um provável fortalecimento da ideia de Ana Amélia se candidatar ao governo do RS em 2014, ainda mais depois que a Zero Hora já deu destaque para o fato de ela “não pensar no Piratini”. Motivo extra para o PT fazer um baita governo no estado. E para comemorarmos o primeiro lugar de Paulo Paim na corrida ao Senado.

– A eleição de Manuela é surpreendente. Sei que ela tem um carisma muito grande e uma campanha muito forte, mas achei que já tivesse passado a onda mais alta e agora ela fosse simplesmente se eleger bem. Mas ela fez um número extraordinário de votos, mais de 480 mil. Apesar de ela ter conteúdo e ser uma boa política, com desempenho reconhecido, boa parte dessa votação é por impulso e sem conotação política. Ela tem tudo para vir com boas chances para a disputa para a Prefeitura daqui a dois anos.

– A eleição para o Senado é a tal da “eleição de 200%”. O número de votos é o dobro do dedicado aos outros cargos. Tem também mais candidatos concorrendo às mesmas vagas. Ainda assim, chama a atenção o fato da desconhecida Abgail Pereira, que entrou na disputa apenas para garantir a vaga de Paim, ter feito mais votos que a atual governadora, que concorria à reeleição. Foram 1.551.151 de votos para a candidata do PCdoB ao Senado, e 1.156.386 para Yeda. Quase 400 mil votos a menos. Resultado de um dos piores governos, quiçá o pior, da história do Rio Grande.

– Sobre a composição do governo do estado, está certo Tarso ao não dar a opção de o PMDB, o PSDB, o DEM e “partidos que tiveram uma posição nítida oposicionista” de comporem o governo. Como disse o governador eleito, “isso não quer dizer desrespeito nem ausência de diálogo, mas não acho que sejam partidos passíveis de uma composição conosco”. Dessa forma, Tarso deixa longe de seu governo o oportunismo do PMDB, mostrando com elegância que o partido adversário saiu derrotado.

– Ainda no domingo à noite, Serra deu entrevista em que passou bastante tempo agradecendo Marina. De fato, ele tem muito a agradecer, foi graças à candidatura verde que se concretizou o segundo turno que o tucano queria. No frigir dos ovos, o PSDB foi o único que colheu frutos com a entrada da Marina na disputa. O que só confirma a tese de que sua candidatura serviu muito mais à direita do que à esquerda.

Estaria Ana Amélia de olho no governo do estado?

3 comentários sobre “Estaria Ana Amélia de olho no governo do estado?

  1. Ismael disse:

    Uma pena que a intensidade da campanha nacional meio que ofuscou a vitória do Tarso para mim.

    Porque parando para pensar, foi um feito muito significativo. Só ele vencer, já era algo que eu não imaginava devido a anos com o PIG e a direita martelando o anti-petismo.

    Então furar o bloqueio e vencer no 1º turno, de forma inédita ?! Excepcional. Dá mais legitimidade.

    Assim como espero que aconteça com a Dilma, a vitória do Tarso significa muito mais que vencer a direita. Venceu o PIG, algo muito mais difícil e portanto, significativo.

    Partidos fazem campanha a cada eleição. O PIG não, é incansável, martela diariamente. Combinam “verdades” que criarão e fomentarão.

    Curtir

  2. Ismael disse:

    Sobre o 2º turno.

    O que parecia ter atingido o limite, está se apresentando como algo muito pior. A baixaria.

    O que aconteceu no 1º turno está começando a parecer fichinha.

    Até a ultra direita anda dando os ares : http://uolpolitica.blog.uol.com.br/arch2010-10-03_2010-10-09.html#2010_10-06_18_29_50-9961110-0

    Já vi blog de feminista “Dilmista” ferrenha dizendo que caso a Dilma se declare contra o aborto, vão votar no Serra.

    Pelo amor de Deus(<-o novo protagonista da eleição).. Será que isso não as deixa no mesmo patamar dos fanáticos religiosos ?

    Eu mesmo não consigo ter opinião formada. Fico entre a necessidade de legalização para haver tratamento médico e ser contra devido ao risco de uma possível banalização.

    Enfim, o aborto é um tema complexo e muito sério. Mas não pode ser isso a determinar uma eleição. Não seria de jeito nenhum, porque por mais sério que seja, é um tema menor frente a complexidade da sociedade.

    E daí temos Marina…

    Ela e o PV afirmando que vão aderir ao lado que mais aceitar o programa de governo…

    Ora, alguma dúvida então que será Serra o apoiado.

    Sim, porque o lado que não tem escrúpulos vai dizer tudo que precisar, fazer qualquer afirmação. Já está fazendo isso na máquina de boataria, replicada no PIG, sem pudor.

    É muita sujeira. Muito ódio alimentado pelo PIG durante anos. Esse ódio é tão grande, e irracional(ninguém nem sabe porque odeia), que até a ditadura já está sendo tratada como algo que foi incompreendido, uma "dureza tristemente necessária".

    Ora, o ponto que estamos chegando. Agora até desculpas para torturar se encontra. Que lado é esse que está disposto a tudo para voltar ao governo?

    Ainda com a audácia de afirmar que Lula tem apego ao poder. Pois sim, quando não estão no poder, criam todo tipo de artifício para voltar.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s