Rolo de fita crepe vira pedra na Veja

Amanhã vamos ter uma dimensão melhor da cobertura da imprensa sobre o conflito de hoje à tarde. Repudio agressão, mas o confronto entre tucanos e petistas não deixa de ser esperado em uma campanha de ódio como a que estamos vivenciando.

O fato é que, segundo o pastor Paulo César Gomes, que acompanhava José Serra, ele foi atingido por um rolo de fita crepe. A posição oficial da assessoria do candidato é que o objeto que acertou a cabeça do tucano não foi identificado. Na Veja, virou pedra.

O G1 fez uma matéria bastante sóbria em seguida do acontecido, com o título “Assessoria diz que Serra foi atingido na cabeça em confusão no Rio”. Na Folha/Uol, “Serra leva pancada na cabeça em confusão com militantes do PT no Rio”.

Mas a coisa pode descanbar, como vemos na Veja: “Serra é apedrejado por petistas no Rio” (na capa do site hoje à tarde). A fita crepe virou pedra e o site atribuiu a petistas a autoria, mesmo sem confirmação. A matéria – “Militantes do PT agridem José Serra e apedrejam van” – diz em sua primeira frase que a campanha chegou em seu mais baixo nível. Se não tivesse participado ativamente de todas as fases da baixaria, eu diria que o pessoal da Veja passou as últimas três semanas dormindo para achar que não houve nada mais baixo que isso.

A fita crepe certamente vai ser utilizada eleitoralmente. A forma como isso se dará e a honestidade dos meios de comunicação descobriremos amanhã.

Rolo de fita crepe vira pedra na Veja

2 comentários sobre “Rolo de fita crepe vira pedra na Veja

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s