Encontre o amor em quatro minutos

Meu lado consumista aliado ao meu lado pão-duro me fizeram a sacanagem de me meter nesses sites de compras coletivas. Nunca fui engambelada, eles funcionam que é uma maravilha, mas enchem de dívidas.

Recentemente tenho recebido de vários deles uma oferta parecida e eis que descubro o “speed dating”. Já tinha visto alguma coisa assim em filmes, mas achava que era aquele tipo de coisa que só se vê em filmes. E olha que tem. Em Porto Alegre!

O que é Speed Dating?

Em tradução literal, “Encontros rápidos”. É descrito assim:

“O Speed Dating é um conceito de encontros “a alta velocidade” organizados com o objetivo de criar amizades ou, preferencialmente, encontrar a cara metade…”

O desafio é “encontrar a cara metade” em “encontros rápidos”, mas se não fosse possível – ou se não tivesse uma cambada de gente acreditando que é possível – o negócio não sairia dos Estados Unidos, não ganharia o mundo e não chegaria até essa capital provinciana dos pampas, no Sul do Brasil.

E como funciona?

De novo, recorro às explicações do site:

“Cada participante tem a possibilidade de conhecer entre 10 a 15 pessoas do sexo oposto. Terá então cerca de 4 minutos para conversar cara-a-cara com cada uma dessas pessoas e decidir se deseja ou não manter o contato futuro com quem acabou de conversar.”

Ou seja, encontre sua cara-metade em três dias quatro minutos. Gente, 4 minutos. Quatro! Um mais um mais um mais um. Quatro. Piscou o olho e acabou. Conheceu a cara metade? Se não conheceu, babau, pula pra outro.

“Se houver um interesse mútuo entre dois participantes, forneceremos a ambos os contatos de cada um.”

Interesse mútuo… Em menos de cinco minutos. É o tempo de fazer uma pipoca no microondas, um miojo. Menos que um banho rápido. Demora mais passar um lápis no olho do que conhecer a “cara metade”. Até conseguir falar com um atendente da NET pra fazer uma reclamação já deu pra conhecer uns 20 caras. E decidir qual deles vai ser o maridão.

E o negócio tem critério:

“Os grupos são formados por faixa etária: 21-35 anos, 36-45 anos.”

Ah bom! Se eu gosto de coroa ou de gurizinho, dancei.

Aliás, queria saber se eles promovem encontros entre pessoas do mesmo sexo.

“O preço para a inscrição é de R$ 50,00” (mas com desconto sai R$ 19,50!) “e inclui participação e jantar, exceto bebidas.”

Ou seja, vou conhecer minha cara metade correndo, tendo que decidir tudo em instantes (librianos deviam ter mais tempo…) e ainda pagar uma grana.

Estaria enganada ou é a mercantilização do amor?

Encontre o amor em quatro minutos

9 comentários sobre “Encontre o amor em quatro minutos

  1. Evandro disse:

    esta mercantilização não é nova, vide o dia dos namorados – feito sob medida para turbinar o faturamento do comércio. imaginar a dança das cadeiras entre os efêmeros casais remete a uma linha de montagem, não?

    Curtir

  2. Fernando disse:

    Sim, concordo que é a mercantilização do Amor, Cristina. “Speed Dating”… aff. Tinha que ser coisa de americano. Como o Fast-Food. Speed Dating é “Fast Love”.

    A relação afetiva tá ficando mais ou menos assim:
    Data de fabricação: o dia que se encontra
    Prazo de validade: até enjoar
    Obs: Depois de abrir, consumir em X dias.

    E tem gente que ainda engraçado.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s