A impotência do teleatendimento

Tenho uma conta que uso pouco no Banco do Brasil. Pedi uma alteração no pacote de tarifas em junho, que não foi feita, fui deixando e já me rendeu uns 50 reais de prejuízo.

Hora de ligar para o teleatendimento. Aquele 4004-não sei o que mais que vem atrás do cartão. Além de fazer essa alteração, queria descobrir qual foi a senha que cadastrei para acessar minha conta na internet, que não lembro.

O 4004

Esperei uns sete minutos. Não tinha valsinha mas a repetição da mesma frase ininterruptamente.

Fui atendida. Depois de explicar umas cinco vezes por que não consegui pelo autoatendimento, descobri que para descobrir a senha tenho que ir a uma agência. Aquele lugar onde se passam horas na fila.

Para trocar o pacote é um pouco mais fácil, tenho só que ligar para a minha agência.

A agência

Atende, explico o problema, transfere a ligação. Tu-tu-tu-tu. Desligo. Ligo de novo. Não atende. Mais umas mil vezes e nada. Vou fazer xixi, tomar uma água. Tento de novo. Não atende. Mais uma vez, é a última, juro. Consegui! Comemoro. Explico.

Descubro que para mudar o pacote, tenho que ligar para o teleatendimento, o 4004 aquele.

O atendimento

Moça, o atendimento do Banco do Brasil está péssimo. Já liguei pro 4004 e me disseram pra ligar praí. Conto a história toda, quase xingando.

Pacientemente, ela me explica que é melhor eu ir na agência pra não perder tempo. Hein? Moça, como vou perder menos tempo pegando ônibus, indo até a agência e esperando na fila?

Mas concordei. Ir até a agência é muito mais rápido do que tentar resolver pelo telefone.

Transferência de responsabilidade

O pior de tudo é que xinguei a pessoa errada. Pelo menos me dei conta a tempo e pedi desculpa, a coitada não tinha o que fazer para ajudar.

E esse é o grande problema desses atendimentos. A gente fica impotente. A empresa, poderosa, transfere o canal de reclamações a um atendente frágil. Onde reclamar de forma fácil e rápida para que as coisas mudem? A responsabilidade é transferida. O atendente paga o pato, o cliente se irrita e não resolve o problema e a empresa ganha o dinheiro do cliente para pagar pouco ao atendente e sequer se preocupar em saber quais são as necessidades de cada um.

———–

Amanhã, tarde de banco.

A impotência do teleatendimento

5 comentários sobre “A impotência do teleatendimento

  1. É essa encheção mesmo!!!

    Estou em uma contenda com a Blockbuster que está me tirando do sério também.

    A Credicard me colocou no SPC por uma dívida que eu já havia pagado (pelo menos aí foi fácil, processei e ganhei) e o Banco Real vive me dando essas voltas que o BB está dando em você.

    Quando é empresa menor, o Procon é um bom aliado, porém contra bancos a coisa fica bem complicada. Eles fazem o que querem e ninguém pode com eles.

    Tem esse decreto aqui: http://www.jusbrasil.com.br/legislacao/93373/lei-do-call-center-decreto-6523-08

    Parece que se aplica a alguns problemas que você teve, mas vai forçar um banco a seguir a lei!!!

    []’s
    Cacilhας, La Batalema

    Curtir

  2. Natália Pianegonda disse:

    As atendendes da Claro anotaram meu endereço errado, me disseram que eu receberia as faturas no final do mês. Eu esperando e comecei a receber mensagens dizendo que estava devendo. Fazia uns 20 dias da emissão da fatura e a conta (que eu nem sabia que existia) foi mandada pra um endereço que não é meu (e que foi verificado umas três vezes pela atendente). É muito foda.

    Curtir

  3. Sei como é, tentei ontem de madrugada mudar meu plano na Vivo, reduzir o plano e… Eram 2 da manhã e tive de ligar pelo menos 6 vezes até ser atendido. Em cada vez passei mais de 10 minutos ouvindo musiquinha irritante e não fui atendido, caía a ligação.

    NEm pelo Twitter deu jeito, o perfil da vivo me respondeu pra eu tentar ligar e ponto. NA verdade, antes me disse pra mandar DM com tel e CPF, mas o perfil ñ me seguia!O.o

    Quando consegui ser atendido, bem depois das 3 da manhã, levei quase 35 minutos entre espera e atendimento.

    Cadê a lei dos 60 segundos de espera?

    Esses atendimentos são um absurdo!

    Curtir

  4. […] A impotência do teleatendimento (via Somos andando) Tenho uma conta que uso pouco no Banco do Brasil. Pedi uma alteração no pacote de tarifas em junho, que não foi feita, fui deixando e já me rendeu uns 50 reais de prejuízo. Hora de ligar para o teleatendimento. Aquele 4004-não sei o que mais que vem atrás do cartão. Além de fazer essa alteração, queria descobrir qual foi a senha que cadastrei para acessar minha conta na internet, que não lembro. O 4004 Esperei uns sete minutos. Não tinha valsinha … Continue Lendo […]

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s