A Globo hipócrita

A campanha de final de ano de 2010 da Globo reforça uns quantos estereótipos. É uma série de vinhetas de 30 segundos com artistas e jornalistas da emissora entregando presentes na casa de pessoas que escreveram cartas de Natal com seus pedidos.

Incentiva o imaginário popular de que basta acreditar muito que os sonhos se realizam, sem esforço, como se fosse mágica. Tudo muito fácil. “Realizar sonhos é mais simples do que você imagina”, dizem as vinhetas.

Segue a visão de que o povo precisa de alguém que consiga as coisas para ele. Dois equívocos são reforçados: primeiro, o de que não é capaz. Segundo e mais grave, o de que o que o povo precisa é de caridade e não de políticas públicas de redução das desigualdades.

Essa imagem afasta a população das decisões políticas, porque incentiva a ideia de que não vale lutar por distribuição de renda e justiça, porque as soluções parecem simples e rápidas. Fica difícil compreender a necessidade de planejamento e políticas de transformação social para mudar a realidade de todos, não de alguns escolhidos. Se a Globo pode realizar sonhos, decerto o governo não realiza porque não quer. Simplifica um problema bastante complexo, essa tal desigualdade social.

Tudo isso é feito com o objetivo principal de fortalecer a ideia da Globo boazinha, que esconde os verdadeiros e representativos atos da emissora, que surgiu para referendar a ditadura militar e ajudou a eleger governos corruptos e perpetuadores de desigualdade. A Globo hipócrita.

A Globo hipócrita

7 comentários sobre “A Globo hipócrita

  1. Disse tudo!

    Acho que resumir a péssima distribuição de renda desse país a: “quem é rico dê esmola, quem é pobre peça a esmola” também foi muito pra minha cabeça. Mas, a realidade é que, de 8 anos para cá, essa distribuição de renda melhorou acima do esperado. É nisso que devemos acreditar. Que aos poucos o país está andando para frente graças à política do governo federal. Agora… a globo se achar papai noel, não cola, não colava e acho que nunca vai colar…

    Curtir

  2. luizmullerpt disse:

    Esta é uma esparrela antiga com a qual ricos enrolam pobres. É o conteúdo do discurso da Igreja católica, da burguesia “cidadã” e também de muitos proceres da esquerda. Do lado de cá chamamos isto de “populismo”. Uma dose de populismo é importante, pois no geral vem casado com bandeira necionalistas fundamentais. Mas quando se vai ao exagero, perpetua-se o status quo. Este é o tempo do

    Curtir

    1. luizmullerpt disse:

      Este é o tempo do Partido Dirigente da Classe Trabalhadora elaboara projetos e discursos capazes de superar o velho e projetar o novo, para que quando todas as migalhas da mesa dos ricos tenham sido distribuidas, os pobres possam finalmente tomar assento a mesa para comer o principal dos pratos e não só a sobra.
      Muito bom o teu artigo Cris.

      Curtir

  3. […] A Globo hipócrita (via Somos andando) Publicado janeiro 3, 2011 r Uncategorized Deixar um Comentário A campanha de final de ano de 2010 da Globo reforça uns quantos estereótipos. É uma série de vinhetas de 30 segundos com artistas e jornalistas da emissora entregando presentes na casa de pessoas que escreveram cartas de Natal com seus pedidos. Incentiva o imaginário popular de que basta acreditar muito que os sonhos se realizam, sem esforço, como se fosse mágica. Tudo muito fácil. "Realizar sonhos é mais simples do que você imagina", dizem as vi … Read More […]

    Curtir

  4. Como sempre, sucinta e certeira, Cris.

    Tive a mesma ânsia ao ver estas vinhetas idiotas. São verdadeiras aberrações que mostram o quanto não só a Globo, mas a sociedade dos altos do Leblon-Morumbi são uma cambada de hipócritas, prontos para pisar na cabeça do preto pobre o ano todo para depois desejar-lhes um feliz natal, um feliz ano novo, a la Boris Casoy.

    Continue seu ótimo trabalho, menina, pois é assim que se faz. Sucesso!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s