3 comentários sobre “A Carta Maior no FSM 2011, em Dakar

  1. Leandro Pugliesi disse:

    Não consigo parar de pensar que essas atitudes são fomentadas por outros circulo de poderes, e não pelos reais interessados, nada mais que uma ferramenta política disfarçada, mas esse sou eu num breve momento de pessimismo.

    Gostaria que no Brasil, nossos irmãos cidadãos lutassem mais por direitos politicos e menos pela colocação de eu time de futebol preferido, ou que pelo menos protestassem com a mesma colera quando se sentem ofendidos, pois aparentemente apenas futebol acelera os corações dos mesmos.

    Espero poder contar com você e seu blog para fazermos algo a respeito!

    Continue o bom trabalho! 😉

    Curtir

    1. Entendo tua preocupação, Leandro. Sugiro a leitura do relato do Emir Sader, linkado no fim do post. Ali ele conta um pouco de como surgiu e faz críticas à transformação que sofreu o FSM.

      Estive em todos os FSM em Porto Alegre. Acredito sinceramente no seu caráter, na real intenção de seus organizadores. Em 2010, assisti a coletiva de imprensa com Oded Grajew, principal organizador lá desde 2001. O cara é sensacional. Achei que tivesse escrito alguma coisa aqui no blog, mas não encontrei. Achei só esse post: http://somosandando.wordpress.com/2010/02/04/um-outro-mundo-possivel-se-estivermos-juntos/

      Acho que o Fórum não é mais o mesmo. Mas sua importância nos anos iniciais é inegável.

      Abraço

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s