A segunda entrevista de Tarso a blogueiros

Não pude ir à coletiva que o governador deu a blogueiros hoje de manhã, no Piratini. Me inscrevi, mas fiquei presa em outras atividades e, como Tarso Genro costuma ser muito pontual, não adiantava chegar meia hora atrasada. Vale lembrar que é a segunda do tipo desde que ele foi eleito. Na primeira, agregou importância ao evento anunciando ali o nome da nova secretária de Comunicação, Vera Spolidoro. Como não fui, não vou abordar aqui os aspectos discutidos lá, mas a entrevista em si.

Não fui, mas conversei, em ocasiões diferentes, com alguns amigos que estavam presentes, e o comentário foi rigorosamente o mesmo: perguntas muito qualificadas e respostas enfáticas, sem temor ou pudor.

Sobrou para a grande mídia e os grandes produtores. Aliás, os “grandes”, pelo que deu pra ver, não estão exatamente no vocabulário do governador no quesito elogio. Pelo menos no discurso ele anda afinado, mas esse já é um importante primeiro passo. Não se melindrar com as críticas que vêm da grande imprensa é pré-requisito para fazer acontecer uma política mais igualitária e democrática. Até porque, convenhamos, as críticas virão de uma forma ou outra, talvez com maior ou menor intensidade.

Pela lista divulgada pelo portal do governo e pelos comentários dos amigos, soube ainda que não foi nenhum blogueiro desses ditos “de direita”. A inscrição foi aberta, nenhum blog foi barrado e quase todos os inscritos compareceram. E o argumento de que é porque o governador é de esquerda está bem longe de convencer. Se houvesse uma coletiva desse gênero com a ex-governadora Yeda Crusius (não se assustem, caros leitores, essa uma possibilidade absolutamente hipotética), eu não perderia a oportunidade de questionar as políticas de que discordo pessoalmente e ouvir suas justificativas.

Acontece que os blogueiros de direita, apesar de usar um meio alternativo e mais democrático de fazer comunicação, o fazem com o mesmo espírito da tal grande imprensa. De um modo geral, fazem exatamente o que faziam quando pertenciam a essa grande imprensa. E ainda pertencem, mas agora com um ponto com. Continuam defendendo os interesses de uma mídia corporativa, que não se preocupa em abrir espaço para que outras vozes apareçam.

Não importa que os jornais de maior vendagem ou audiência ignorem a coletiva do governador. Ela foi feita justamente para os blogs. De forma a diversificar os meios de acesso à informação e incentivar a existência desses veículos “alternativos”.

Só resta a nós, blogueiros, elogiar a iniciativa, que partiu de dentro do governo.

————

Foto: Caco Argemi / Palácio Piratini

A segunda entrevista de Tarso a blogueiros

Um comentário sobre “A segunda entrevista de Tarso a blogueiros

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s