Dia do trabalho ou do trabalhador?

É sintomático que toda nossa grande imprensa chame o 1º de maio de Dia do Trabalho. Não é por desconhecimento do debate, porque ele é antigo. Faz bastante tempo que li a respeito e resolvi chamar de Dia dos Trabalhadores, não do Trabalho. Faz uma diferença crucial. De uma forma, valoriza-se o ser humano em sua dignidade e seus direitos. De outro, o produto, o resultado, o objeto.

Comemorar o trabalho é fortalecer uma visão antiga de que quanto mais trabalha, mais honesto e íntegro é um cidadão. E por isso louva-se aquele que se entrega de corpo e alma, sem folga, com quase nada de lazer. O eterno extenuado é comemorado. O sempre explorado.

É uma visão que deriva da exploração da mão-de-obra, da necessidade de aumentar a produção. O irônico é que se cultiva da mesma forma o elogio ao trabalhador extremamente dedicado e o patrão que nada produz e muito ganha. Porque é daí que deriva a lógica. É para que esse patrão permaneça rico que se tem que incentivar o trabalho. É um pensamento antigo do capitalismo, que já foi muito combatido e transformado. Hoje, a forma é menos caricata, mas a motivação do elogio ao trabalho ainda é a mesma. E é tão forte que ainda hoje as pessoas têm vergonha de pedir folga, de dizer que querem trabalhar menos, porque a cultura da nossa sociedade atribui a esse cidadão a pecha de vagabundo.

Por isso é importante a valorização do trabalhador e da trabalhadora. Não naquele sentido tão usado daquele que “gosta do trabalho”, em oposição ao vagabundo do parágrafo anterior. Mas no reconhecimento de que é o trabalhador que produz a nossa riqueza e merece direitos políticos, sociais e econômicos.

É nesse sentido que esse é o dia do ano mais propício para se debater a redução da jornada de trabalho, entre outros direitos – assusta, por exemplo, que nos Estados Unidos a extrema direita se fortaleça criticando a organização dos trabalhadores, pedindo o fim dos sindicatos.

Afinal, a sociedade não é nada sem os trabalhadores, que a mantém em toda a sua complexidade. Mas de que adianta a “evolução” e o “progresso” se não para garantir bem-estar e qualidade de vida para todos os cidadãos e cidadãs? Só vale trabalharmos tanto para garantirmos nossa própria felicidade. Que outra razão teria? Produzir riqueza para olhar? Para guardar, impressionar? Que sentido!?

É por isso que parabenizo os trabalhadores e as trabalhadoras do mundo propondo esse debate.

Em 1º de maio temos a oportunidade de descobrir quem está de qual lado do debate. Fiquemos atentos, pois.

———–

Descobri agora que o sociólogo Emir Sader se adiantou e, com muito mais propriedade, fez uma análise na mesma direção. Recomendo a leitura de 1º de maio, Dia dos Trabalhadores e não do Trabalho.

Dia do trabalho ou do trabalhador?

5 comentários sobre “Dia do trabalho ou do trabalhador?

  1. Por falar em festa do 1º de Maio, eu gostava de saber se alguem viu alguma festa em nosso país? Isso leva-me a perguntar: “O 1º de Maio aida se festeja?””

    Mas no país de Fidel Castro, em CUBA, eu vi no canal cubavision internacional, o apoio inequivoco do povo á sua revolução, a festa do 1º. de Maio com milhões de cubanos na rua, tambem festejando o triunfo de cuba sobre os E.U. há 50 anos, em Playa Giron. Eu não tenho duvidas que o verdadeiro Socialismo é a felicidade do povo, para isso basta-me ter como referência o povo heroico Cubano.

    Curtir

  2. Azarias disse:

    De há muito que a imprensa burguesa tenta descaracterizar o Dia do Trabalhador e incutir o dia dia do trabalho. Já nas profissões liberais continua o devido respeito: “Dia do Médico” e não dia da medicina; “Dia do Professor” e não dia da instrução e por aí vai. E vão inventando nomes a doidado, para tentarem esvaziar o 1º de Maio, como o Dia do Comerciário.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s